Jump menu

Main content |  back to top

O uso do óleo certo mantém o seu motor funcionando sem problemas. Primeiramente, o óleo impede que as superfícies metálicas do seu motor sejam trituradas a partir do contato e se desgastem, criando uma película de óleo de separação entre elas. O óleo dispersa o calor  e reduz o desgaste, protegendo o motor.

Além de tudo isso, um bom óleo previne o acúmulo e o depósito de partículas de sujeira ao mantê-las em suspensão. O óleo de motor protege até mesmo contra a borra e previne a oxidação, mantendo o óleo limpo e minimizando os ácidos que podem causar a corrosão. Em resumo, o óleo é importante.

Abaixo, nós respondemos às perguntas mais comuns sobre o óleo de motor:

O que é viscosidade?

Viscosidade é um critério importante  de qualquer óleo lubrificante. É uma medida da espessura do fluido ou a resistência para fluir. Por exemplo, o mel é grosso e a água é fina, assim o mel tem uma viscosidade maior do que a água. A viscosidade do óleo precisa se adequar às temperaturas ambientes corretas. Se estiver muito grosso quando o motor estiver frio, ele não se movimentará pelo motor. E se ele se tornar muito fino quando o motor estiver quente, não dará a proteção certa para as partes do motor.

A otimização da viscosidade ou espessura de um óleo ajuda a maximizar a eficiência energética, evitando o desgaste dos componentes.

Os modificadores de viscosidade aumentam a viscosidade do seu óleo em temperaturas altas, mas têm pouco efeito sobre a viscosidade em temperaturas baixas. Estes permitem que o seu óleo flua adequadamente quando estiver frio e também permaneça suficientemente espesso para proteger os seus componentes de motores em temperaturas altas.

Os óleos de baixa viscosidade, como o Shell Helix Ultra, tornam a partida a frio mais fácil para o seu motor, pois apresentam menor resistência aos elementos móveis e, portanto, consomem menos energia do motor. Isto também significa que você fará uma maior economia de combustível.

Para encontrar a viscosidade do óleo certa para o seu motor, verifique as recomendações do seu fabricante e tenha em mente as condições climáticas de onde você vive e dirige. Para conhecer nossa recomendação, experimente nossa ferramenta simples e rápida, o Shell LubeMatch.

O que as significam os números (classificação) na embalagem?

Existem dois tipos principais de óleo básico: o mineral e o totalmente sintético. Os lubrificantes para motores chamados de "semissintéticos" ou "de tecnologia sintética" contêm uma mistura destes dois tipos.

Os óleos minerais básicos vêm do petróleo bruto, que é processado em uma refinaria para separar as frações com propriedades de lubrificação úteis e remover os componentes indesejáveis, tais como as ceras. Ao contrário de alguns fabricantes de lubrificantes para motores, a Shell produz os seus próprios óleos minerais básicos de primeira classe, selecionando o melhor petróleo bruto e empregando procedimentos rigorosos de controle de qualidade em todo o processo de produção.

Os óleos básicos sintéticos fornecem um desempenho melhorado porque são confeccionados utilizando-se um processo químico mais caro do que o utilizado na produção do óleo mineral. Por causa disto, os óleos totalmente sintéticos, como o Shell Helix Ultra, fluem mais facilmente a temperaturas de partida, quando ocorre o maior desgaste. Eles são mais resistentes ao calor e podem ser protegidos mais facilmente por aditivos antioxidantes (a oxidação é um processo degenerativo natural que ocorre no óleo ao longo do tempo). Além disso, eles são também menos voláteis do que os óleos minerais.

Experimente nossa ferramenta Shell LubeMatch e veja qual é o lubrificante recomendado para seu veículo.

Qual é a diferença entre lubrificante mineral e sintético?

Existem dois tipos principais de óleo básico: o mineral e o totalmente sintético. Os lubrificantes para motores chamados de "semissintéticos" ou "de tecnologia sintética" contêm uma mistura destes dois tipos.

Os óleos minerais básicos vêm do petróleo bruto, que é processado em uma refinaria para separar as frações com propriedades de lubrificação úteis e remover os componentes indesejáveis, tais como as ceras. Ao contrário de alguns fabricantes de lubrificantes para motores, a Shell produz os seus próprios óleos minerais básicos de primeira classe, selecionando o melhor petróleo bruto e empregando procedimentos rigorosos de controle de qualidade em todo o processo de produção.

Os óleos básicos sintéticos fornecem um desempenho melhorado porque são confeccionados utilizando-se um processo químico mais caro do que o utilizado na produção do óleo mineral. Por causa disto, os óleos totalmente sintéticos, como o Shell Helix Ultra, fluem mais facilmente a temperaturas de partida, quando ocorre o maior desgaste. Eles são mais resistentes ao calor e podem ser protegidos mais facilmente por aditivos antioxidantes (a oxidação é um processo degenerativo natural que ocorre no óleo ao longo do tempo). Além disso, eles são também menos voláteis do que os óleos minerais.

Para ver se recomendamos óleo sintético para o seu veículo, experimente nossa ferramenta simples e rápida, Shell LubeMatch.

O que são aditivos de desempenho?

Os aditivos de desempenho fornecem proteção extra para o óleo básico e o habilitam a proteger e a limpar o seu motor, ajudando-o a trabalhar mais por mais tempo. Eles vêm em vários tipos, que devem ser cuidadosamente selecionados e misturados para fornecer um excelente desempenho:

  • Os detergentes mantêm o motor limpo e neutralizam os ácidos corrosivos que se formam quando combustível é queimado.
  • Os dispersantes removem a fuligem e a borra e as mantêm em suspensão no óleo para evitar entupimentos. Esta sujeira pode então ser removida do seu motor na próxima troca de óleo.
  • Os aditivos antidesgaste protegem o seu motor através da formação de uma camada química entre as partes móveis. Estes aditivos são particularmente importantes ao dirigir com cargas pesadas ou durante a partida do motor.
  • Os antioxidantes ajudam a retardar a degradação natural do óleo do seu motor e, por isso, protegem seu motor de forma mais eficaz por mais tempo.
  • Os modificadores de atrito reduzem a resistência entre as partes móveis para aumentar a economia de combustível.
  • Aditivos anticorrosivos são elementos essenciais que impedem a corrosão do motor.

Page Tools