Jump menu

Main content |  back to top

Por que sintético é melhor que "natural"
Os produtos naturais são tradicionalmente considerados "melhores" que os sintéticos. Contudo, no caso dos lubrificantes para motores, os cientistas da Shell conseguiram desenvolver uma série de produtos sintéticos com melhores propriedades do que os seus equivalentes naturais – e com menos desvantagens.

Os óleos básicos sintéticos oferecem melhor desempenho porque foram confeccionados com o uso de processos químicos avançados para que sua estrutura molecular e, portanto, duas propriedades pudessem ser controladas de perto. Por exemplo, os óleos totalmente sintéticos, como o Shell Helix Ultra, são desenvolvidos para fluir mais facilmente em temperaturas de partida (que é quando ocorre o maior desgaste). Eles são mais resistentes ao calor e podem ser mais facilmente protegidos por aditivos antioxidantes (a oxidação é um processo degenerativo natural que ocorre no óleo ao longo do tempo). Eles são também menos voláteis que os óleos minerais.

Por exemplo, se comparado a um óleo mineral API SG/CD normal, percebe-se que um lubrificante para motor totalmente sintético, como o Shell Helix Ultra, oferece:

  • Limpeza até cinco vezes mais eficaz.
  • Proteção até cinco vezes maior.
  • Menos da metade de desgaste do motor.

Vantagens
As principais vantagens de usar um óleo sintético para motores incluem:

  • Pureza e qualidade maiores do que as dos óleos básicos de origem mineral – o que significa menos componentes indesejados, incluindo os componentes contendo ácido sulfúrico e hidrocarbonos reativos ou instáveis.
  • Composição molecular mais uniforme e consistente – o que reduz os níveis de fricção de fluidos.
  • Pode ser personalizado com segurança para atender aos requisitos dos fabricantes de motores modernos (requisitos que óleos como o Shell Helix Ultra não somente atendem, mas também geralmente superam).
  • Os óleos sintéticos Shell Helix são formulados para atuarem sob condições extremas encontradas nos motores modernos.

Por que os óleos sintéticos têm um desempenho tão bom?

Propriedades dos óleos sintéticos Benefícios resultantes

Baixa viscosidade de um modo geral e fricção reduzida no fluido, o que significa propriedades de fluxo superiores.

Isto aumenta a eficiência do motor e a economia de combustível e reduz as temperaturas do óleo.

Graças ao alto índice de viscosidade do óleo, a viscosidade é menos afetada por mudanças de temperatura do que em óleos minerais comuns.

O óleo não fica muito grosso quando frio, ou nem muito ralo quando quente. Isto reduz o desgaste do motor em temperaturas extremas. É preciso modificadores de viscosidade menores, o que leva à redução do nível de depósitos.

Em altas temperaturas, a viscosidade e a resistência ao cisalhamento são mantidas. Isto significa uma maior proteção do motor em velocidades altas ou com um grande volume de carga.
Em temperaturas baixas, os óleos não engrossam excessivamente. Isto possibilita uma partida mais fácil com menos esforço da bateria. O óleo circula rapidamente em torno do motor, oferecendo proteção de fora para dentro. O motor se aquece mais rápido e atinge um ótimo desempenho em menos tempo, o que aumenta e economia de combustível.
Baixa volatilidade, significa menos componentes voláteis no óleo e, portanto, menos evaporação ou queima. Com isso, o consumo de óleo é reduzido, não é necessário completar o óleo com tanta frequência e o óleo demora mais para engrossar, o que ajuda a manter a economia de combustível e a reduzir o desgaste do motor.
Alta resistência à oxidação, significa uma menor a probabilidade de quebra ou degradação das moléculas do óleo, principalmente em temperaturas altas. Isto mantém o motor mais limpo, através da redução da formação de sedimentos e ácidos corrosivos, de depósitos de resíduo menores no motor e de um menor espessamento do óleo – tudo isso ajudando a manter a economia de combustível e a reduzir o desgaste do motor.

Page Tools