Jump menu

Main content |  back to top

O senso de aceleração é quando você varia a pressão sobre o acelerador para que não precise frear tão bruscamente ou com tanta frequência.

Surpreendentemente, uma maneira de dirigir com eficiência é acelerar rapidamente até uma velocidade de cruzeiro seguro e manter a marcha mais alta.

Planeje sua chegada em cruzamentos para que se possa desacelerar por mais tempo em marchas mais altas. Assim, talvez você nem precise parar o veículo, deixando os carros à sua frente sair antes de você chegar.

Ao ficar na 3ª marcha, é mais fácil perceber quando vocês está ultrapassandos os 50km/h.

Logicamente, você precisa escolher a marcha apropriada para sua velocidade, adaptando-se às condições da pista, ao tempo e às circunstâncias dos trânsito, e deve mudar de marcha conforme estas circunstâncias mudarem. A marcha mais apropriada para dirigir a 50 km/h depende do tamanho do  motor, mas em vários carros modernos é possível dirigir a 50 km/h na 3ª marcha sem forçar o motor.

Transmissões automáticas normalmente têm várias marchas para escolher, assim o motorista deve escolher a marcha que facilita manter a velocidade do veículo abaixo dos 50 km/h.

Discos de freio gastos podem aumentar distâncias de frenagem dramaticamente e, às vezes, com consequências fatais.

De acordo com um distribuidor de auto peças internacional (Car Parts Direct), um em cada oito motoristas pode estar dirigindo com freios em condições ilegais ou perigosas.

Vistorias aleatórias encontraram pastilhas gastas, discos de freio com largura abaixo do mínimo legal e, em alguns casos, discos empenados.

A empresa também afirmou que 85% dos motoristas não sabem como verificar a segurança de discos e pastilhas. É difícil, mas alguns problemas com freios são mais fáceis de perceber que outros. Por exemplo, se você sentir vibrações no pedal de freio, isso pode ser o resultado de discos de freio empenados.

Outros problemas não são fáceis de detectar e, infelizmente, alguns motoristas somente descobrem o problema quando o veículo não para a tempo. Por isso reforçamos: verifique sempre os freios do seu carro.