Jump menu

Main content |  back to top

Novidades e press releases

UFRGS e Shell inauguram maior tanque estratigráfico da América Latina

Verba de R$ 3,4 milhões do programa de P&D da companhia anglo-holandesa foi utilizada para construção do laboratório na universidade e para desenvolver pesquisas de modelagem

Rio de Janeiro, 16 de Dezembro de 2013

Com o apoio da Shell, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) inaugura na próxima quarta-feira, 18 de dezembro, o maior tanque de simulação da América Latina dedicado ao estudo de modelagem física de reservatórios em águas profundas.

A construção da unidade, que integra o laboratório de Modelagem Estratigráfica em Grande Escala, é fruto de investimentos de R$ 3,4 milhões de Pesquisa e Desenvolvimento da anglo-holandesa em infraestrutura, equipamentos, e na condução de pesquisas utilizando o tanque de simulação.

Estarão presentes na cerimônia de inauguração o diretor de coordenação de upstream da Shell, Carlos Montagna, o reitor da UFRGS, Carlos Alexandre Netto, o representante da Superintendência de Pesquisa e Desenvolvimento da ANP, Edson Menezes da Silva, além de membros da comunidade acadêmica e representantes do setor de P&D da Shell.

A utilização do novo tanque experimental de grande escala – que tem 35 metros de comprimento, 7 metros de largura e 4 metros de altura –servirá, ao longo dos próximos anos, de ferramenta complementar para pesquisa da Shell e para o desenvolvimento de modelos de reservatórios de águas profundas, o que auxiliará a indústria na exploração e produção de reservatórios em bacias sedimentares marítimas.

O tanque foi construído no Núcleo de Estudos em Correntes de Densidade, laboratório do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da UFRGS.

O convênio entre a Shell e a UFRGS foi assinado em 2008 e atende o compromisso contratual da Shell com a Agência Nacional do Petróleo (ANP) – que demanda que 1% da receita bruta de campos que atinjam um determinado nível de produção, seja revertido em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

O projeto desse laboratório conta com recursos vindos da receita dos campos de Bijupirá e Salema, os primeiros operados pela companhia no país.

 

A construção do espaço de pesquisa em Porto Alegre compõe um orçamento anual de mais de US$ 1 bilhão investidos pela Shell em pesquisa e desenvolvimento ao redor do mundo, o que coloca a empresa em uma posição de liderança entre as companhias internacionais de energia.

Em novembro, a Shell inaugurou o laboratório de Etanol de Segunda Geração em Campinas, em parceria com a Unicamp.

 

Serviço

 

Data: 18/12/2013

Local: Instituto de Pesquisas Hidráulicas da UFRGS

Av. Bento Gonçalves, 9500 – Setor 5, Agronomia - Porto Alegre, RS

Horário: 11h

 

 

Para mais informações:

 

Assessoria de Imprensa Shell Brasil:

Glauco Paiva

(21) 3984-7413

glauco.paiva@shell.com

 

Igor Baiense

(21) 3984-7897

igor.baiense@shell.com

 

Cajá – Agência de Comunicação

Priscilla Gonçalves – priscilla@caja.com.br

Paula Ceccon – paula@caja.com.br

(21) 2217-1403

 

Assessoria de imprensa da UFRGS

Édina Rocha - edina.rocha@ufrgs.br

(51) 3308-4010

Ferramentas de Página