Jump menu

Main content |  back to top

Novidades e press releases

26º Premio Shell de Teatro divulga a lista dos indicados

Lista contempla espetáculos que estrearam no segundo semestre deste ano

Rio de Janeiro, 9 de Dezembro de 2013

A Shell acaba de anunciar a segunda lista dos indicados de São Paulo à 26ª edição do Prêmio Shell de Teatro. Os espetáculos desta etapa concorrerão ao prêmio juntamente com os indicados na lista do primeiro semestre.

 

O espetáculo “Cantata para um bastidor de utopias” levou o maior número de indicações em São Paulo no segundo semestre: concorrerá nas categorias Direção, Cenário e Música. “Os adultos estão na sala” e “A morte de Ivan Ilitch” também se destacaram, ficando com duas indicações cada. A primeira poderá receber o prêmio de Melhor Atriz e Melhor Autor e a segunda concorrerá nas categorias Atriz e Iluminação.

 

A homenagem especial do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo deste ano irá para Eva Wilma, pelos 60 anos dedicados ao teatro – de “Uma mulher e três palhaços” a “Azul resplendor: o brilho de uma estrela”.

 

Confira a relação completa dos indicados do segundo semestre ao 26º Prêmio Shell de Teatro de São Paulo:

 

Autor:

Claudia Schapira por “Antígona recortada, contos que cantam sobre pousospássaros”

Hugo Possolo por “Eu cão Eu”

Michelle Ferreira por “Os adultos estão na sala”

 

Direção:

Antunes Filho por “Nossa cidade”

Rogério Tarifa e Rodrigo Mercadante por “Cantata para um bastidor de utopias”

 

Ator:

Cassio Scapin por “Eu não dava praquilo”

Chico Carvalho por “Ricardo III”

 

Atriz:

Cácia Goulart por “A morte de Ivan Ilitch”

Michelle Boesche por “Os adultos estão na sala”

 

Cenário:

Bira Nogueira por “Folias Galileu”

Rogério Tarifa por “Cantata para um bastidor de utopias”

 

Figurino:

Cassio Brasil por “O burguês fidalgo”

Miko Hashimoto por “Operação trem-bala”          

 

Iluminação:

Fran Barros por “Vestido de Noiva”

Lucia Chediek por “A morte de Ivan Ilitch”

 

Música:

Jonathan Silva e William Guedes por “Cantata para um bastidor de utopias”

Otávio Ortega e Lucas Santtana por “O duelo”

 

Inovação:

Núcleo Bartolomeu de Depoimentos pela pesquisa e pelo resultado na criação de sonoridades e partituras corpomusicalizadas em “Antígona recortada, contos que cantam sobre pousospássaros”.

 

Os Satyros pela projeção, permanência e abrangência do evento “Satyrianas” na condição de fenômeno histórico-artístico e social.

 

Premiação

O vitorioso de cada categoria receberá uma escultura em metal do artista plástico Domenico Calabroni, com a forma de uma concha dourada, inspirada no logotipo da Shell, e uma premiação individual de R$ 8 mil (oito mil reais).

 

Criado em 1989, o Prêmio Shell de Teatro é ponto de referência nos palcos brasileiros. É oferecido aos maiores destaques do ano, no Rio de Janeiro e em São Paulo separadamente, em nove categorias — Autor, Diretor, Ator, Atriz, Cenografia, Iluminação, Música, Figurino e Inovação.

 

O júri de São Paulo é formado por Alexandre Mate, Carlos Colabone, Marici Salomão, Mario Bolognesi e Renata Melo.

 

Para mais informações:

 

Assessoria de Imprensa Shell Brasil:

Glauco Paiva

(21) 3984-7413

glauco.paiva@shell.com

 

Igor Baiense

(21) 3984-7897

igor.baiense@shell.com

 

Cajá – Agência de Comunicação

Priscilla Gonçalves – priscilla@caja.com.br

Paula Ceccon – paula@caja.com.br

(21) 2217-1403

Ferramentas de Página