Jump menu

Main content |  back to top

Novidades e press releases

Shell completa uma década como pioneira internacional na produção de petróleo no Brasil

Bijupirá e Salema foram os primeiros campos de petróleo desenvolvidos comercialmente por uma multinacional no país

 

Rio de Janeiro, 14 de Agosto de 2013 – Comemorando 100 anos  de contínua atuação no Brasil, a Shell celebra esta semana o marco de uma década de produção de petróleo e gás nos campos de Bijupirá e Salema. Em agosto de 2003, a Shell se tornou a primeira companhia internacional a produzir petróleo em escala comercial no Brasil, após a abertura do mercado de óleo e gás no país.

 

Os últimos dez anos de produção em Bijupirá e Salema incluíram mais de 5 milhões de horas de trabalho e 190 operações de transferência de petróleo realizadas pelo navio plataforma (FPSO) Fluminense. Até o fim de 2013, serão mais de 100 milhões de barris produzidos.

 

Através de um trabalho de redesenvolvimento, com a perfuração de quatro novos poços de produção, a Shell espera prolongar a vida útil desses campos, já maduros, de 2016 para 2022, com um novo pico de produção estimado em 35 mil barris de óleo equivalente (boe) por dia em 2014. A fim de garantir a continuidade desse projeto, a Shell segue os mais elevados padrões da indústria e credita o sucesso do desenvolvimento desses campos ao compromisso de seus funcionários e parceiros com a segurança.

 

Bijupirá e Salema estão localizados no litoral Norte Fluminense, na Bacia de Campos, a aproximadamente 295 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro. A Shell é a operadora dos campos, com 80% de participação, em parceria com a Petrobras.

 

Baixe as fotos de Bijupirá e Salema. 

 

Dados sobre o projeto:

·  Início da produção: agosto de 2003

·  Localização: Bacia de Campos

·  Lâmina d'água: 400-870 metros

·  Participação: Shell 80% / Petrobras 20%

·  Poços Produtores: 9 (7 em Bijupirá e 2 em Salema)

·  Injetores: 6 (4 em Bijupirá e 2 em Salema)

·  Gravidade do óleo: 28º - 31º API